casamento

Em uniões que acontecem fora de locais religiosos, é comum que os noivos escolham pequenos rituais que celebram o amor de uma maneira diferente.

“O bom desses ritos é que, além de emocionantes, envolvem os convidados, que não ficam distraídos ouvindo só o celebrante falar”, explica a assessora Talita Uoya, que lista abaixo algumas das cerimônias mais realizadas nos casamentos.

1. AREIA

1426693017_casaento-2

Aqui cada noivo tem um pote com areia, cada um com uma cor e um vaso vazio. “Em um determinado momento da cerimônia, o celebrante pede para que os noivos joguem, juntos, as areias no pote vazio. Isso simboliza que o amor dos dois, assim como os grãos de areia, não irá se separar”, explica Talita. O conteúdo do vaso, com as areias misturadas, é levado para a casa dos noivos para ficar como enfeite e lembrança. Nesse ritual, os padrinhos também podem participar, despejando porções de areias no vaso dos noivos – e desejando palavras de amor e união ao casal.

2. VELAS OU LUZES
Na bancada do cerimonial existe uma vela grande e duas pequenas. Antes de o celebrante oficializar a união, os noivos acendem as velas menores na chama da maior. Isso significa que as velas de cada um representam a vida individual, e a grande, a vida em comum do casal.

3. ÁRVORE

Esta é mais escolhida por casais ligadas a natureza. No altar da celebração existe uma muda de árvore e um regador. O celebrante pede para que os noivos reguem a muda, como devem fazer com a união, lembrando que a relação deve ser cuidada com todo o amor. “Após o casamento, os noivos plantam a muda em um lugar que gostam e visitam muito. Para ficar mais harmonioso, vale dar de lembrança mudinhas de plantas”, conta Talita.

4. VINHO

1426693167_caixa-noivos

“Esta é a mais interessante para os noivos que querem recordar a união anos depois do dia do casamento”, comenta Talita. O casal compra um vinho (de preferência de boa qualidade para se conservar bom por anos), duas taças e deixa tudo dentro de uma caixa-urna. Durante a cerimônia, o celebrante pede para que o casal coloque os votos escritos por cada um dentro da caixa, fecham-na e combinem o ano que irão abrir e ler os papéis novamente – e, claro, tomar o vinho para celebrar o amor e o casamento.

5. TAÇA
No altar existem duas taças, uma com vinho bem seco e outra com vinho docinho. Durante a cerimônia, o celebrante pede para que cada noivo tome um gole da taça com líquido mais amargo, para sentir “os problemas” do casamento. Depois, eles jogam todo o conteúdo fora e bebem o vinho suave, para lembrar de atrair amor para união e evitar os conflitos.

 

Matéria original: http://chic.uol.com.br/casamento/noticia/conheca-os-rituais-que-animam-as-cerimonias-nao-religiosas